Inicio Dicas KTO traz a história do mercado de apostas, como tudo começou

KTO traz a história do mercado de apostas, como tudo começou

KTO traz a história do mercado de apostas, como tudo começou
16
0

Dos primórdios da jogatina aos dias de hoje, muita coisa mudou, mas o cenário por melhorar ainda mais para os apostadores

As apostas esportivas são um sucesso, mas não é de hoje que elas proporcionam diversão, emoção e lucros para os jogadores.

A atividade é tão antiga quanto a história da humanidade. Seu avanço sempre esteve intimamente ligada à evolução dos esportes e foi essencial para que a KTO pudesse oferecer as melhores odds aos jogadores nos dias de hoje.

O início de tudo

Há evidências de que os antigos egípcios, maias e outras civilizações já tinham o hábito de jogar com outra pessoa com o objetivo de ganhar algo em troca e chance de perda.

Um dos objetos que usamos até hoje em determinadas apostas surgiram nessa época: os dados. Eles foram vistos pela primeira vez no Egito, em 3.000 a.C, bem como certos tipos de jogos de tabuleiro. Já na China, por volta do século XII, surigam as cartas de baralho, inicialmente feitas em madeira.

Na Índia, os jogos de apostas eram tão comuns que surgiu a figura do sabhik, uma pessoa especializada em resolver conflitos entre apostadores de dados, damas e até briga de galo.

Os gregos e romanos também foram apaixonados pelas apostas, principalmente aquelas realizadas durante as competições em Olímpia, que deram origem às Olimpíadas. As modalidades disputadas eram corrida de carros de guerra, lutas e salto em distância.

Apesar do gosto pela atividade e do crescimento do mercado (havia até mesmo especialistas para aconselhar os melhores palpites), as apostas acabaram sendo proibidas em Roma, sujeitas a penas bastante severas.

A Bíblia também traz passagens que remetem a esse tipo de jogo A mais famosa delas é a o jogo de cara ou coroa que os soldados romanos fizeram na cidade espanhola de Calzada de Calatrava na Sexta-feira Santa da crucificação de Cristo.

Matemática e apostas esportivas

A filosofia antropocêntrica trouxe o desenvolvimento da racionalidade, da crítica e dos questionamentos humanos, fazendo com que a matemática desempenhasse importante papel nos jogos, principalmente devido a teoria da probabilidade.

Após o século XV, os apostadores passaram a buscar formas de ganhar dinheiro nos dados e loterias. Assim surgiram as primeiras casas de apostas.

Na Itália os jogos favoritos eram os de cartas. Porém, logo a prática foi usada para apostar na escolha do próximo papa, fazendo as autoridades proibirem a atividade. A medida se mostrou ineficaz e em 1683 foi inaugurado em Veneza o Il Ridotto, casa de apostas sancionada pelo governo e considerada o primeiro cassino da história.

A Inglaterra foi um dos países que mais contribuiu para o fomento desse mercado. Com o crescente interesse por corridas de cavalos – até os jornais locais davam destaque às análises dos especialistas no século XVIII -, a casa de leilões Richard TattersalL fois a primeira a aceitar esse tipo de jogo.

Já as famosas máquinas caça-níqueis – as slot machines – surgiram nos Estados Unidos no fim do século XIX. Elas foram vistas primeiro em São Francisco e tinham símbolos de cartas de baralho. Nessa época, o prêmio costumava ser em bebidas ou charutos, e não em dinheiro. Posteriormente, elas foram aprimoradas.

Ainda nos Estados Unidos, em 1946 nasceu Las Vegas, a cidade do pecado, que têm sua origem no crime organizado. O Flamingo Hotel foi o pioneiro na famosa Las Vegas Strip, levando a avenida à fama internacional com seus cassinos-hotéis.

O boom das apostas online

Foi apenas com a disseminação da Internet que as apostas esportivas e os cassinos chegaram ao seu auge, na década de 90. A primeira casa online foi a Intertops, e a primeira aposta online foi em uma partida entre Tottenham e Heroford Utd.

Com as apostas podendo ser feitas on-line, qualquer jogador conectado via computador ou dispositivo móvel está apto a fazer a sua fezinha.

A disseminação fez com que o número de casas de aposta online aumentasse e investissem em melhorias para proporcionar uma boa experiência de jogo e garantir a preferência do apostador.

Hoje, os sites de apostas conceituados e seguros, como a KTO apostas online, continuam a sua atuação, enquanto que os competidores mais fracos estão à margem do mercado.

As casas de apostas atualmente se preocupam com a segurança dos apostadores e com a credibilidade de seu negócio. Não é à toa que há auditorias, algoritmos, sigilo e proteção de dados por trás de todas as apostas dos jogadores.

No Brasil, a principal luta do setor é a regulamentação da atividade. A regulamentação deve favorecer não apenas as empresas, mas também garantir a arrecadação de impostos para o governo, abrir oportunidades de emprego e levar ainda mais segurança para quem aposta.

Não há dúvidas de que as pessoas adoram apostar, e essa motivação vem de muito tempo atrás. As pessoas continuarão apostando e é por isso que, quanto melhor o mercado, mais paixão vamos ver por aqui.

(16)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *