1. Inicio
  2. Notícias
  3. Jaguar I-Pace: elétrico com desempenho de esportivo e autonomia de carro comum

Jaguar I-Pace: elétrico com desempenho de esportivo e autonomia de carro comum

Jaguar I-Pace: elétrico com desempenho de esportivo e autonomia de carro comum
16
0


O Jaguar I-Pace, como o que a coluna rodou recentemente

O Jaguar I-Pace chegou ao mercado com uma solução para um dos maiores entraves dos carros elétricos: a autonomia. Com baterias de 432 células de íon-lítio, o modelo é capaz de percorrer até 470 quilômetros com uma recarga, desempenho semelhante ao de um veículo comum com um tanque de etanol, por exemplo.

De quebra, tem uma performance que não passa vergonha perante nenhum esportivo, vai de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos (um Porsche 718 2.0 precisa de 4,9 segundos). Conheça um pouco mais sobre esse elétrico de luxo que custa  R$ 508.950.

O SUV de 4,6 metros de comprimento e 2 metros de largura pesa 2,2 toneladas. Para impulsioná-lo, a Jaguar utiliza dois motores, um em cada eixo, que somam 400 cv de potência e 71 kgfm de torque, ambos disponíveis a todo momento. A tração é integral nas quatro rodas. O resultado desse conjunto é percebido ao primeiro toque no acelerador: basta encostar para o veículo deslanchar. O torque imediato exige que o condutor seja comedido com o pedal, principalmente no modo de condução esportivo, o Dynamic. Também existem outros modos de condução, como o Econômico.

Por falar em pedal, o I-Pace possui o sistema “one pedal”, comum entre os modelos elétricos. Apesar de o pedal do freio estar à disposição, ele não é necessário durante a condução, basta tirar o pé do acelerador para o carro frear progressivamente.

O sistema causa estranheza e até alguns “solavancos” aos motoristas desacostumados, mas logo pega-se a “manha”, ou melhor, a sensibilidade. O mais importante é que, a cada redução de velocidade, a bateria se regenera um pouco. Há ainda a opção de desligar este sistema e seguir da forma tradicional, usando os dois pedais.

Recheio

Apesar de o site da Jaguar mostrar três versões em seu configurador, a única opção à venda no país é a SE, como a em que rodei. O interior é um capítulo à parte. Só de entrar dá para perceber o esmero do setor de montagem, os encaixes são perfeitos. Também há detalhes em aço escovado e black piano em várias partes do modelo, o que deixa o visual bem arrojado. O teto é todo de vidro, porém fixo, diferente de um teto solar panorâmico que abre.

A central multimídia tem duas delas: a tradicional ao centro do painel e uma menor abaixo, próximo ao porta objetos. É possível passar a música sem sair da tela do Waze, por exemplo. O painel de instrumentos é completamente digital e configurável.

Com 1,56 metros de entre-eixos, há espaço o suficiente para todos os passageiros viajarem com conforto. O porta-malas também é generoso: leva 656 litros, e ainda há um espaço para bagagens embaixo do capô, já que o motor não ocupa todo o espaço dianteiro.

Recarga

O Jaguar I-Pace pode ser carregado de duas formas: um uma tomada aterrada ou em um carregador rápido, vendido separadamente. A primeira opção pode parecer inviável para quem só tem um veículo, pois demora 45 horas para a recarga completa. Já com o equipamento são necessárias apenas 8,6 horas.

É possível deixar o carro carregando durante a noite em casa ou durante o dia no trabalho. Também há carregadores em locais abertos ao público, como shoppings e supermercados, que usam os equipamentos como forma de atrair clientes com maior poder aquisitivo.

* Para acompanhar os bastidores da coluna, siga @eupaulagama no Instragram

Paula Gama é jornalista especializada no mercado automotivo há cinco anos, Nesse período já testou mais de cem modelos de veículos no Brasil e no exterior. É apaixonada por história e tem como hobby visitar museus que contam a trajetória automotiva pelo mundo.

[canal]OPINIÃO[/canal]
[linhafina] O elétrico de luxo vai de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos e tem até 470 km de autonomia[/linhafina]
[chapeu]ELA E OS CARROS[/chapeu]
[credito]Colunista do Carpress[/credito]
[/tags]

(16)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *