Inicio Notícias Chevrolet Spin Activ 2019 muda para brigar com SUVs compactos

Chevrolet Spin Activ 2019 muda para brigar com SUVs compactos

Chevrolet Spin Activ 2019 muda para brigar com SUVs compactos
43
0


Após seis anos e mais de 200 mil unidades fabricadas, a Chevrolet Spin passa pela primeira reestilização desde que estreou para substituir de uma só vez as bem-sucedidas Meriva e Zafira. A linha 2019 da minivan mais vendida do Brasil será apresentada no dia 4 de julho, mas o Carsale já andou na versão aventureira Activ cuja proposta é atrair potenciais compradores das versões intermediárias de SUVs compactos, como Ford EcoSport e Renault Duster.

A General Motors revelará os preços de todas as versões somente no lançamento oficial, mas apostamos que a Spin Activ 2019 custará na faixa dos R$ 80 mil – um pouco acima dos R$ 76.950 pedidos atualmente pelo modelo 2018.



















Para conquistar os consumidores que estão prestes a comprar um SUV compacto, a Spin Activ 2019 apela para a versatilidade do ótimo espaço interno combinada ao visual mais atraente. A minivan está com linhas mais harmônicas na dianteira, que ganhou capô mais alto e novos faróis com acendimento automático e a assinatura de LED idêntica a dos modelos Onix e Cobalt. Na versão Activ, o para-choque passa um ar de robustez com a pintura parcial e um detalhe central na cor cinza que imita metal. Já a grade frontal está menor e com acabamento cromado escurecido, que confere uma aparência mais esportiva.

Na traseira, a placa foi deslocada do para-choque para a tampa, que ganhou um detalhe na parte superior imitando um pequeno aerofólio. O vidro também é novo, assim como as lanternas horizontais. Na linha 2019, a Spin Activ perde o estepe pendurado na traseira e passa a acomodá-lo de maneira mais prática no assoalho do porta-malas. O rack no teto ganhou uma barra transversal na parte posterior por questões de estilo. As rodas de liga leve de 16 polegadas e a pintura amarelo Stone do carro das fotos também são novidades da linha 2019.

As mudanças na cabine são mais discretas. O painel recebeu um novo acabamento plástico na parte central e o quadro de instrumentos do Tracker, com grafismo próprio, velocímetro e conta-giros analógicos e a pequena tela digital do computador de bordo. Já o alerta contra o esquecimento de crianças no banco traseiro foi herdado do Equinox.

Antes restrita à versão LTZ, a terceira fileira de bancos também está disponível na versão aventureira, identificada como Activ7 em referência à capacidade de ocupantes que pode levar. A segunda fileira de bancos pode ser deslizada 5 centímetros para a frente ou 6 cm para trás para facilitar o acesso aos assentos rebatíveis no porta-malas ou até mesmo ampliar o espaço para as pernas dos passageiros.

Na versão de cinco lugares, o porta-malas de 710 litros pode ter a capacidade ampliada para até 756 litros com o banco traseiro totalmente avançado. A Spin Activ7 acomoda 553 litros com a terceira fileira de bancos rebatida ou 162 litros quando precisa levar os dois passageiros extras.

A motorização 1.8 de 8 válvulas não sofreu alterações, mantendo os 106 cv de potência e 16,8 kgfm de torque quando abastecida com gasolina. Usando etanol, esses números sobem para 111 cv e 17,7 kgfm, respectivamente. Mas a minivan está mais esperta em retomadas e com acelerações mais suaves graças à nova programação do câmbio automático de seis marchas com conversor de torque. Segundo a GM, essa atualização melhorou o desepenho da minivan, baixando a aceleração de 0 a 100 km/h em aproximadamente um segundo (11,3 segundos com etanol).

O consumo também foi favorecido, já que a nota da minivan nos testes laboratoriais do Inmetro passou de E para D na categoria – mantendo as notas C no ranking geral e A para emissões (122 gramas de CO2 por km com gasolina). De acordo com a entidade, a Spin Activ 2019 tem médias de 7 km/l na cidade e 10,3 km/l, rodando com etanol. Abastecida com gasolina, as marcas sobem para 8,3 km/l no trecho urbano e 12 km/l em percurso rodoviário.

Rodamos com a Spin Activ 2019 no Campo de Provas da General Motors, em Indaiatuba (SP), em uma pista que reproduz fielmente as variadas condições de rodagem encontradas nas ruas e estradas brasileiras. Essa avaliação foi essencial para avaliar a calibração mais firme das suspensões da minivan. Rodando em trechos de asfalto liso, a mudança é mais perceptível nas curvas, uma vez que a rolagem da carroceria está mais contida. Já o conforto ao rodar sobre pisos esburacados e paralelepípedos foi minimamente prejudicado, em comparação com o modelo anterior, justamente por conta desse acerto mais rígido para compensar a maior altura de rodagem.

Equipada de série com airbags frontais, freios com ABS, Isofix para a fixação de até duas cadeirinhas infantis no banco traseiro, direção elétrica, ar-condicionado, vidros e travas com acionamento elétrico nas quatro portas, faróis com acendimento automático, central multimídia MyLink, câmera de ré, sistema de concierge e rastreamento OnStar, entre outros itens, a Spin Activ 2019 atende muito bem as necessidades de uma família que está prestes a comprar um SUV compacto, porém com a vantagem do espaço interno mais generoso e da possibilidade de levar mais dois passageiros em trajetos curtos. Para um carro de proposta familiar que passa pela primeira atualização desde o lançamento, bem que a GM poderia ter incluído o controle eletrônico de estabilidade entre os equipamentos de segurança.

O Carsale participará do evento de lançamento e do teste-drive das outras versões da Chevrolet Spin 2019 nos dias 4 e 5 de julho, e publicará as impressões e outras informações oportunamente.

Teste-drive a convite da General Motors
Fotos: Divulgação e Guilherme Silva

Ficha técnica
 
Carroceria Monobloco em aço, cinco portas, cinco ou sete lugares
Motor Dianteiro, transversal, injeção multiponto, comando de válvulas simples no cabeçote, correia dentada
Número de cilindros 4 em linha
Número de válvulas 8 (duas por cilindro)
Taxa de compressão 12,3:1
Cilindrada 1.796 cm³
Potência 106/111 cv a 5.200 rpm (gasolina/etanol)
Torque 16,8/17,7 kgfm a 2.800 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão Automática de 6 marchas
Tração Dianteira
Direção Elétrica
Suspensão dianteira Independente McPherson
Suspensão traseira Eixo de torção
Pneus e rodas 205/60 R16, liga leve 16″
Freios dianteiros Discos ventilados com ABS e EBD
Freios traseiros Tambores com ABS e EBD
Volume do tanque de combustível 53 litros
Volume do porta-malas 710 litros (5 lugares)/553 litros (7 lugares)
Altura 1,68 m
Comprimento 4,41 m
Largura 1,76 m (sem espelhos)
Entre-eixos 2,62 m
Peso em ordem de marcha 1.275 kg



Créditos: CarSale

(43)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *