Inicio Notícias Carpress

Carpress

Carpress
0
0


Como abordei na coluna da semana passada (aqui), não há como negar que os SUVs são um fenômeno de vendas em todo o mundo, e esse mercado ainda tem muito a crescer no Brasil. De olho nessa tendência, marcas como Volkswagen e Ford, que lançaram recentemente o Nivus e o Territory, respectivamente, já preparam mais novidades para a categoria. Mas qual alternativa para não oferecer mais do mesmo ou canibalizar os próprios produtos?

Bom, a Renault já pode ser considerada veterana em oferecer mais de um produto no mesmo segmento. Em 2017, lançou o Captur, um SUV compacto que se juntou ao Duster na sua linha de utilitários esportivos. Apesar de ofertarem o mesmo motor, os dois têm públicos distintos: o Duster tem como foco os que buscam um carro mais robusto e com bastante espaço interno e no porta-malas. Além de um custo menor, é claro. Já o Captur atrai pelo design, apesar de também ter um bom espaço interno. A marca também tem o Stepway, que atende quem está migrando de um hatch para um carro mais alto.

 

A Volkswagen passou anos comendo pelas beiradas no quesito SUV. Até o começo do ano passado, a única opção era Tiguan, até que chegou o compacto T-Cross e o  também compacto com carroceria estilo cupê Nivus, neste ano. Nesse caso, a estratégia da marca alemã foi ocupar a lacuna de quem estava saindo de um hatch, no caso o Polo, mas ainda não alcançava o T-Cross. Por isso, o Nivus não tem opção de motor 1.4 apenas 1.0 – ambos são turbinados. Outro diferencial é o design, é claro, para quem está um pouco enjoado do visual mais quadrado dos utilitários esportivos, as linhas inspiradas em um cupê é uma boa pedida. A marca já anunciou a chegada de mais um integrante para a família, o Taos, um SUV médio para rivalizar com o Jeep Compass. 

 

A Ford é outra que decidiu investir nos utilitários esportivos. Com muitos modelos do segmento à venda pelo mundo, a divisão brasileira trouxe o Territorry, para ficar ao entre o compacto Ecosport e do Edge ST, e também competir com Jeep Compass. E vem mais novidades: a marca pode trazer o Escape na configuração híbrida plug-in, Mustang March-E (um elétrico inspirado no Mustang) e o Bronco Sport, que tem uma pegada mais off-road.

 

Quem promete há bastante tempo um SUV é a Fiat. Há alguns anos a picape Toro tem ocupado a função de carro com maior valor agregado em sua linha, mas ela será a base de um SUV. Para isso, precisamos aguardar mais um pouco.A sua parceira Jeep também está finalizando os ensaios da configuração de sete lugares do Compass, que chega ano que vem. 

 

A Chevrolet também tem planos para esse mercado e novos modelos vão se juntar a Equinox, Tracker e Trailblazer. Outras marcas também apostam nesse mercado: A Toyota planeja o Corolla Cross, especula-se um Hyundai de sete lugares e a Nissan, que tem vários SUVs pelo mundo, deve lançar o XTrail. A Caoa Chery, que já lançou dois carros neste ano, também tem capital para apostar no segmento. 

(0)

tags:

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *