Inicio Notícias Acelere um F1 como nunca: câmeras no capacete mostram o surreal ângulo de visão dos pilotos

Acelere um F1 como nunca: câmeras no capacete mostram o surreal ângulo de visão dos pilotos

Acelere um F1 como nunca: câmeras no capacete mostram o surreal ângulo de visão dos pilotos
48
0


A emoção é algo que, vira e mexe, é colocada em discussão quando se trata de automobilismo. Devem os motores ficarem menores e mais tecnológicos? Mas, e o ronco? Com a tecnologia de captação e transmissão, arrisco-me a dizer que muitos detalhes são melhores vistos pelas câmeras que ao vivo, in loco. Como será, por exemplo, o ângulo de visão real dos pilotos? Algumas câmeras instaladas no capacete vão nos mostrar os detalhes.

Frequentar os autódromos é algo que muitos fãs já não fazem mais, muitos deles afirmando que não há tanto incentivo (leia-se competitividade e novidade) para tal. O novo grupo que assumiu a F1 prometeu dar mais emoção à categoria, mas até agora as decisões continuaram polêmicas (veja o caso das grid girls, por exemplo). Polêmicas à parte, sentir a emoção piloto através de uma câmera no capacete é algo que merece destaque.

Normalmente, as câmeras usadas nas transmissões dos treinos e corridas são posicionadas em lugares mais seguros e são de um formato e configuração específicos para a tecnologia usada pela geradora de imagens. Os pilotos e as marcas, contudo, algumas vezes colocam câmeras próprias em treinos, o que permite que possamos ver mais detalhes, inclusive da visão através do capacete.

Minha curiosidade sempre foi em relação ao ângulo de visão e ao que exatamente os pilotos conseguem ver em termos de pista, pontos cegos e referências para frenagem e aceleração. Para minha alegria, mas não surpresa, percebi através dos vídeos que os caras não enxergam mesmo muita coisa, o que confere ao ato de pilotar um F1 uma façanha e tanto.

Conhecido como “Eye View”, ou seja, visão dos olhos, o posicionamento da câmera no capacete que permite a “carona perfeita” do espectador não é algo tão utilizado pelos pilotos e suas equipes, talvez exatamente por questões de segurança. Aproveite que conseguimos encontrar dois vídeos muito legais sobre isso, um deles com o brasileiro Lucas di Grassi conduzindo um carro em testes de pneu. Assista e comente!

PS: Lembre-se de se inscrever no canal do AutoVideos no Youtube, e também siga-nos no Instagram (@autovideos_oficial) para ficar por dentro das novidades.




Créditos: AutoVídeos

(48)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *